-18%
,

Verbalizando Sentimento – Milena Moreira


Compartilhe!

R$ 37,99  
R$ 30,99
em até   3x de R$ 10,82

Consulte o prazo estimado e valor da entrega.

Não sei meu CEP
Parcelamento
1x de R$ 30,99 SEM JUROS
2x de R$ 15,87
3x de R$ 10,82

Você pode escolher na seção “Fechar Compra” se deseja que a autora envie este livro AUTOGRAFADO.

O primeiro passo de um poeta começa com seu primeiro poema escrito. Momento
íntimo que consagra a subjetividade de sua relação com o “sentir o mundo”. E assim,
como uma longa caminhada se faz por diversos passos que se somam para compor o
caminho e a trajetória, que nunca é linear, sempre cheia e cercada de atalhos e desvios e
curvas e subidas e descidas, numa dinâmica que não se esgota no texto escrito, mas que
também vai além dele, assim é a jornada de um poeta. Aqui temos reunidos vários
poemas, vários passos, que somados se verbalizam com todas as cores e tons e semitons
da poetisa Milena Moreira que nos brinda num “Real Encantamento” pela poesia. Esse
mesmo encantamento conduz todo o existir e sentir da poetisa no mundo que, como
todo poeta, vai traduzindo a magia de suas percepções ao longo de suas passagens e
vivências pelo mundo, como em “Florença” e “Veneza”, num caldeirão de emoções que
faz com que ela tente apreender o instante mágico, aquele em que o coração do poeta se
encanta e se desespera de euforia para eternizá-lo em metáforas e imagens que, mesmo
com todo esforço, ainda assim será incapaz de traduzir o todo de suas impressões mais
íntimas, de seus sentimentos mais profundos, o que se confirma quando lá atrás Clarice
Lispector tão bem nos disse “ não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer
entendimento”, lembrando que viver e sentir são sempre dois pré-requisitos que
necessariamente devem se coincidir em qualquer processo criativo.
E assim vemos ao longo de todo livro a poetisa celebrando seu existir no mundo com
poemas que cantam sua alegria diante desse encantamento que é o viver, como bem ela
fez com poemas como “ Mundo das Águas”, “Bahia”, “Beija-Flor”, “Fases da Lua” e
tantos outros que também mostram sua contínua sintonia com a natureza, no exercício
pleno de sua capacidade contemplativa, resistindo a toda essa atropelante velocidade
que o mundo contemporâneo da hiperconectividade nos impõe e, por muitas vezes, nos
retira a sensibilidade de percebermos o belo nas entrelinhas da existência. Ao mesmo
tempo, a poetisa fica muito à vontade para compartilhar um pouco de sua relação com o
sagrado, como podemos ver em poemas como “Nossa Senhora” e “São Francisco”,
onde sua fé fala mais alto, conseguindo trazer um pouco de sua vivência no universo
religioso do Catolicismo. Por outro lado, percebe-se ao longo de todo livro que a poetisa
tem uma relação sagrada com a natureza, o que a mantem em constante sintonia,
deixando todos os canais de sua percepção abertos, como fica bem claro em “Cinco
Sentidos”.
Consciente de nossa finitude e sabendo da permanente transformação do nosso “estar”
no mundo, a poetisa inicia sua trajetória com um belo livro, um livro de encantamento
com o mundo, ciente de que “tudo está em aberto” como bem disse em “Incógnita” e
que “nem o caminho sabe-se ao certo qual será e ainda para onde vai mesmo levar”
como dito em “Incerteza”. É com essa poesia que não se fecha em si mesma e se propõe
ao inacabado que Milena Moreira sabiamente nos convoca em “Tempo”: “vamos viver
o agora”!

Você também pode gostar de…

CARRINHO DE COMPRAS

close
Atendimento via WhatsApp
Enviar via WhatsApp